18 de fev de 2012

Prelúdio - para não me esquecer deste vinho.























Os vinhos de guarda Preludio compõe uma seleção especial de barricas. Na vinha, são poucos os cachos que se desenvolverão para este vinho. A colheita é manual, com rigorosa seleção grão por grão. Maceração por mais de 3 semanas, permitindo a concentração de aromas, sabores de fruta, especiarias e flores. Afinamento em barricas localizadas em caves subterrâneas, construídas de pedras em 1830, onde desenvolvem-se ótimas condições de temperatura e umidade. Garantia de uma perfeita evolução do vinho. A cada 6 meses selecionam-se as melhores barricas, capazes de continuar o processo de criaza cada vez mais exigente no vinho. Com este processo, partindo cada ano com 600 barricas, se conclui a crianza ao final de 24 a 30 meses com menos de 200 barricas. A seguir se segue a parte do Assemblage, onde se determinam as proporções finais sobre uma base de Tannat, uva predominante neste vinho. Tradicionalmente, o vinho Preludio é elaborado com 5 variedades. Para esta safra: 40% Tannat, 24% Cabernet Sauvignon, 20% Cabernet Franc, 12% Merlot, 2% Petit Verdot e 2% Marselan. Seguindo os métodos mais tradicionais, o Preludio é engarrafado sem filtragem, em garrafas escuras e com rolhas de cortiça especiais para a continuidade do processo de maturação nas caves subterrâneas, em estibas individuais. O resultado é um vinho que evolui muito bem durante 5 a 15 anos seguintes ao da colheita. Cor: Púrpura vicaz com tons violáceos, alta concentração que se manifesta pelas lágrimas elegantes e persistentes que se formam na borda da taça. Possui grande variedade de aromas complexos, com notas de figos secos, frutas vermelhas maduras e baunilha. Na boca possui acidez e taninos redondos, frutas silvestres maduras. Servir entre 18 – 20 º C. Recomenda-se decantar 30 minutos antes de servir.

Nenhum comentário: