9 de jan de 2011

Cemitério de La Recoleta - Buenos Aires - AR





RECOLETA é um elegante e sofisticado bairro de ruas arborizadas, onde as principais atrações são seus cafés e restaurantes, antiquários, um complexo cultural e o Cemitério da Recoleta. O Cemitério da Recoleta é o mais antigo e aristocrático da Cidade. Em seus quase seis hectares estão sepultados heróis da Independência, presidentes da República, militares, cientistas e artistas. Entre eles, Eva Perón, Adolfo Bioy Casares e Facundo Quiroga. Os sepulcros e mausoléus foram obras, em muitos casos, de importantes arquitetos. Mais de 70 mausoléus foram declarados como Monumentos Históricos Nacionais. Está localizado em terras concedidas por Juan de Garay a Rodrigo Ortiz de Zárate, que fazia parte de sua expedição colonizadora. Depois foi instalado nesse lugar um convento de freis recoletos. Em 1822, depois da expulsão dos monges - como conseqüência da reforma Geral da Ordem Eclesiástica -, o horto do convento foi transformado em cemitério. Seu traçado foi realizado pelo engenheiro francês Próspero Catelin, e remodelado durante a gestão de Torcuato de Alvear quando prefeito em 1881, que encomendou o trabalho ao arquiteto Juan Antonio Buschiazzo. O escultor italiano Giulio Monteverde realizou o Cristo que está na capela.

La Boca - Buenos Aires - AR


La Boca foi por muito tempo uma das regiões mais degradas da cidade, mas suas necessidades foram, até certo ponto, as responsáveis pelo seu renome mundial. La Boca foi o primeiro porto que a cidade teve. O bairro surgiu e se desenvolveu como um bairro de marinheiros. Por esse motivo, La Boca foi uma região de imigrantes, predominantemente genoveses, chegados entre 1880 e 1930. A desembocadura do Riachuelo foi o refúgio natural que tinham as embarcações que chegavam a Buenos Aires. Havia grande movimento de marinheiros e comerciantes. O terreno era baixo e alagadiço e por esse motivo as casas eram de madeira, construídas sobre pilotes.
A origem das cores diversas está relaciona às sobras de tintas que os marinheiros traziam para as suas casas. Como não havia dinheiro suficiente para comprar tinta e a quantidade era escassa para pintar toda a casa de uma mesma cor, se aproveitava até a última gota da tinta que conseguiam. As casas acabavam sendo pintadas de várias cores, cada janela de uma cor diferente, a porta de outra cor e as paredes de várias cores.

Terraça do Hostel Estoril - Buenos Aires - AR



O Hostel Estoril dispõe de uma grande e agradável sala de convivência.A localização é uma das melhores de Buenos Aires, na Avenida de Mayo, que liga os mais importantes prédios públicos da cidade. De um lado o Congresso e do outro a Casa Rosada. Você pode facilmente chegar Calle Florida, ao Obelisco, ao Teatro Colón, ao Congresso, Casa Rosada, aos bairros da Boca, San Telmo e a qualquer outro 'barrio' de Buenos Aires. Estações de metrô e pontos de ônibus estão localizados a poucos metros do albergue! Os donos falam inglês fluentemente e moram no próprio albergue. Assim você pode sempre encontrar alguém para ajudá-lo em quaisquer necessidades ou dúvidas da sua viagem.