2 de dez de 2009

Telamoni em Agrigento - Vale dos Templos - Sicília



Agrigento é uma comuna italiana da região da Sicília, capital da província de Agrigento, com cerca de 55.000 habitantes. A cidade foi fundada em 581 a.C. por alguns habitantes da Gela, com o nome de Acragas, homónimo ao rio que banha o território. A localização em um penhasco na costa Sul da Sicília, cercada por dois rios (o Hypsas e o Acragas) era estratégica por facilitar a defesa da cidade nas épocas da guerra. A dominação grega durou aproximadamente 370 anos, período em que Akragas adquiriu grande poder e esplendor, a ponto de ser chamada pelo poeta Píndaro de "a cidade mais bela dos mortais", devido as maravilhas do Vale dos Templos. O Templo de Zeus foi construido para honrar o homónimo depois da vitória em 480 A.C. sobre os Cartagineses. É caracterizado pela presença das chamadas telamoni (atlante ou atlas), estátuas de dimensões consideráveis (cerca de 8 metros) e com formas humanas que eram utilizados como colunas em algumas edificações. O nome deste gênero de estrutura de suporte origina na figura da mitologia grega, Atlas, o titã que foi condenado por Zeus a carregar o globo terrestre (ou o céu) para toda a eternidade, e que é representado carregando nos ombros um globo de grandes dimensões. Apresentam o tronco nu e o corpo musculado, os braços erguidos sobre a cabeça como que a suportar o peso da construção onde se encontra inserido (geralmente sob arquitraves ou estruturas similares). A sua utilização não se resumiu ao período clássico tendo sido aproveitada em diversos outros períodos posteriores, principalmente os que se caracterizam pela inspiração na arquitectura da Antiguidade Clássica.

Catharina Paraguaçu - Salvador - Bahia



Monumento localizado na praça Campo Grande no Centro de Salvador.

Catharina Álvares Paraguaçu foi uma índia Tupinambá nativa da região onde hoje é o estado da Bahia. Teria sido oferecida por seu pai, cacique da tribo, como esposa ao náufrago português Diogo Álvares Correia "Caramuru" que gozava de grande proeminência entre os Tupinambás da Bahia. Ela adotou o nome cristão de Catharina do Brasil. É considerada a mãe biológica de parte da nação brasileira. Faleceu em idade avançada por volta de 1586 e elaborou testamento existente até hoje no qual deixa seus bens para os monges beneditinos. Seus restos mortais repousam na Igreja da Graça, em Salvador. Contam que Catharina sonhava certa vez com náufragos numa praia e entre eles uma mulher com uma criança nos braços. Eles tinham frio e fome. Sabendo da força dos sonhos de sua mulher Caramuru mandou que procurassem pela orla onde foram encontrados vários náufragos, mas entre eles nenhuma mulher. Catharina sonhou de novo com a mesma mulher e ela lhe pedia que construissem uma casa para ela na sua aldeia. Pouco tempo depois, através de nova procura, foi encontrada uma imagem da virgem Maria com o menino Jesus nos braços. Essa imagem está hoje, no altar, na igreja da Graça.