15 de dez de 2012

Limoncello di Capri

O Limoncello di Capri possui uma longa história que começou no início do século XX quando Vincenza Canale costumava oferecer aos hóspedes da sua locanda o delicioso Limoncello de Capri que ela mesmo preparava. Na pensione Mariantonia hoje reaberta pelos netos de Vincenza Canale, personagens ilustres da época como Ignazio Cerio, Axel Munthe, Krupp, Fersen e Amedeo Maiuri amavam se encontrar nas mesas da pensão para saborear, na hora do pôr do sol, o Limoncello de Vincenza Canale.
A família Canale mantém viva aquela tradição produzindo o Limoncello di Capri com o mesmo cuidado e, especialmente, seguindo a mesma receita de antigamente. Uma tradição que atravessou as fronteiras da ilha e chegou até a mesa dos italianos e inclusive, se tornou um licor apreciado pelos estrangeiros.
O Limoncello de Capri é um licor natural com excelentes propriedades digestivas que é ainda hoje produzido de acordo com a fórmula original. O Limoncello é feito a partir da casca dos limões cultivados na ilha. A qualidade e a originalidade do produto é garantida desde o início. Nenhum fertilizante ou adubo químico é utilizado na cultivação. E nenhum colorante ou conservante é adicionado.
O Limoncello di Capri pode ser saboreado em diversas maneiras. Gelado é um ótimo digestivo, já combinado com água tônica é muito refrescante. Uma outra idéia é acompanhá-lo com Champagne ou Prosecco para um agradável long drink. E fica maravilhoso com a sobremesa, dos sorvetes até morangos.

3 de nov de 2012

Monte Verde - MG - 136.360

Os pioneiros de Monte Verde são Verner Grinberg (falecido em 13/08/2006 aos seus 96 anos de idade) e sua esposa (também falecida) dona Emília.
O sobrenome da família deu o nome à cidade: “grin”, verde, e “berg”, monte.
A família Grinberg chegou ao Brasil em 1.913, junto a outros tantos imigrantes da Letônia e foi morar em 1.921 na então recém-fundada Colônia Varpa, próxima à cidade de Paraguaçu Paulista e formada por seus patrícios letões.

Monte Verde oferece galerias e lojas diversas para suas compras, passeios à cavalo, jeep, quadriciclo, motos, trenzinho, avião monomotor, patinação no gelo, caminhadas, trilhas p/ as pedras, cachoeiras, rafting e muito mais...

9 de out de 2012

Forte de Copacabana - Rio - 131.635

Desde 1986, o Forte passou a ser sede do Museu Histórico do Exército, em suas atividades educacionais e culturais atende ao público de terça à domingo das 10:00h às 16:00h. Estão preservadas as primitivas instalações, com as galerias, os refeitórios, os lavatórios em estilo art-nouveau, paiol das munições, a câmara de tiro e as quatro cúpulas dos canhões de trajetória retilínea. Suas instalações compreendem, salões de exposições temporárias e outros para eventos sociais e educacionais. Estudantes de 1º e 2º graus das escolas da comunidade usufruem de uma área de lazer com quadra de esportes. Aos domingos e feriados o museu abre seus portões para passeio ciclístico. Em sua ação social atende a menores carentes do projeto Rio Criança Cidadã e oferece uma sala para o atendimento de Centro de Valorização da Vida.

13 de set de 2012

Sol das 17:17 não importa o lugar - 127.125

As sondas foram desenhadas para analisar a forma como o Sol, e em particular as tempestades solares, afetam o entorno terrestre em várias escalas de espaço e tempo. A missão é parte do programa "A vida com uma estrela", cujo objetivo é o estudo dos processos fundamentais que podem ter originado o Sol e que incidem no conjunto do sistema solar.

31 de ago de 2012

La Sebatiana - Pablo Neruda - 124.736

"Eu estou cansado de Santiago. Eu quero encontrar em Valparaíso uma pequena casa para viver e escrever calmamente. Ela deve ter algumas condições. Ela não pode estar localizada nem na parte alta e nem na parte baixa. Deve ser solitária, mas não em excesso. Com invisíveis vizinhos espero. Eles não devem ser vistos ou ouvidos. Original, mas não desconfortável. Com muitas janelas, mas forte. Nem muito grande ou muito pequena. Longe de tudo, mas perto do transporte. Independente, mas próximo ao comércio. Além disso, tem de ser muito barata. Você acha que eu iria encontrar uma casa como aquela em Valparaiso?Este foi o pedido de Pablo Neruda, em 1959 à seus amigos Sara e Martner Marie. Parece impossível encontrar uma casa que satisfisezze os desejos do poeta, mas depois de uma pesquisa longa, eles encontraram o desenho de uma mansão localizada na Colina Florida. Foi construído pelo espanhol Sebastian Collao, que idealizou o terceiro andar inteiro do prédio como uma gaiola de pássaro. Dom Sebastião morreu em 1949 e a casa inacabada e cheio de escadas ficou abandonada por muitos anos.O poeta foi conhecer o edifício. Gostava de, entre outras coisas, a maneira simples como foi construído, mas achou muito grande. Assim a casa foi negociada por Neruda, Marie Martner e seu marido, e o Dr. Francisco Velasco. Marie Martner e seu marido utilizavam a parte inferior e o quintal enquanto Neruda ficou com a posse dos terceiro e quarto andares e da torre. "Eu - ele costuma dizer brincando - comprei apenas escadas e os terraços ". A verdade é que ele tinha uma vista privilegiada sobre a baía.O poeta levou três anos para concluir a construção e o design dos interiores da casa. Ele a decorou com fotos antigas do porto e um grande retrato de Walt Whitman. Um dos trabalhadores que cuidavam na construção uma vez lhe perguntou se a pessoa do retrato era seu pai. "Sim, na poesia" - respondeu Neruda.Algumas das janelas da casa foram feitas como clarabóias de navios. A maior terraço foi convertido em uma sala de jantar. De lá, ele podia ouvir as bandas retumbantes dos filmes no Teather Mauri, localizado próximo da casa. Dr. Velasco lembrou-se do tempo em que Neruda desceu para recomendar-lhes um filme dessa forma:: "A julgar pelo tempo da película o filme parece ser bom".A casa foi inaugurada com uma festa memorável em 18 de setembro em 1961. Somente participaram da inauguração as pessoas que tinham realizado algum feito memorável e que de alguma forma tinha contribuido para transformar a casa abandonada em "A Sebastiana", como Neruda a chamou em homenagem ao seu contrutor e proprietário.
Logo depois Neruda escreveu o poema "La Sebastiana", que mais tarde foi incluído no livro "Full Empowerment". Na parte inicial do poema diz: eu estabelecer a casa / eu fiz isso primeiro de ar / então eu levantei a bandeira no ar / e eu deixei ele enforcado / para o ar livre, a partir da estrela, de luz / e. da escuridão ... "Um dia Neruda levou seus convidados, em turnos, até o alto da torre da casa de onde se via todo o porto através de um telescópio.  Depois de mirarem o porto Neruda direcionava o telescópio para a cobertura de uma casa onde, dizia ele, uma mulher tomava sol nua para se bronzear. Nunca ninguém viu a mulher mas também também não desmentiram. Talvez, só mesmo o "poeta" para poder vê-la.



24 de ago de 2012

Vernazza - Cinqueterre - Itália 123.692

Site oficial de Cinqueterre - Itália :
http://www.cinqueterre.it/info.php

14 de ago de 2012

O leão de Veneza - Itália - 121.720

Rezam os escritos que S. Marcos foi martirizado e enterrado em Alexandria, no Egipto. A sua ligação a Veneza remonta à lenda que afirma que, em 828, alguns mercadores venezianos roubaram o seu corpo, em Alexandria, e levaram-no para Veneza, altura em que a cidade o adoptou como patrono. Em 1063 construíram uma sumptuosa basílica, que substituiu a capela original, e Veneza adoptou também o leão alado de São Marcos Evangelista como símbolo para o seu escudo de armas. As asas do animal reportam-se ao seu papel de mensageiro.  Este Leão está onipresente por toda a cidade. Curiosamente, o leão é representado com uma pata sobre um livro aberto (o Evangelho) ou fechado. Segundo a tradição, quando o livro está aberto, significa que o trabalho escultórico foi realizado num período em que a cidade estava em paz e quando o livro se encontra fechado, a cidade estava em guerra.

8 de ago de 2012

Biblioteca Nacional - Rio de Janeiro RJ - 120.654

Criada em dezembro de 1945, como Biblioteca Central, passou a denominar-se Biblioteca Mario Henrique Simonsen em dezembro de 1997 em homenagem a Mario Henrique Simonsen ex- Ministro da Fazenda e Vice-Presidente da Fundação Getulio Vargas, falecido no mesmo ano.
 Possui importante e tradicional acervo nas áreas de Administração, Ciência Política, Direito, Economia, Finanças, História do Brasil e Sociologia.
Utiliza o sistema informatizado de gerenciamento de bibliotecas VIRTUA, que contempla as principais funções de uma Biblioteca, possibilitando consulta, empréstimo e reservas via Web.

2 de ago de 2012

Campinas numa bela tarde. 119.450

Cidade paulista, localizada ao interior do estado, Campinas não só trás uma interessante história evolutiva como também de desenvolvimento comercial, fazendo dela um importante pólo industrial do país. Tem para sí, uma rede de rodovias que servem de tentáculos à comunicação entre outras cidades e estados. Distante apenas 100 km de São Paulo, sua ligação com a capital pode ser feita por duas rodovias: A Anhanguera e a Bandeirantes. Já pela rodovia Campinas-Mogi Mirim, lhe dá acesso ao sul de Minas Gerais. Para chegar ao Rio de Janeiro, é necessário pegar a Via Dutra pela rod. Pedro I na altura da cidade de Jacareí. Outra importante rodovia é a Santos Dumont, que a liga à Sorocaba e ao oeste do estado fazendo assim, através da Castelo Branco, a interligação com Curitiba, Paraná, Mato Grosso do Sul, Bolívia e Paraguai.

Ocupando uma área de 801 quilômetros quadrados e com cerca de 1 milhão de habitantes, Campinas possuiu hoje, uma das melhores rendas percapta do país, chegando a ser de US 5.800 dólares, segundo estimativa da Secretaria Municipal de Planejamento. Atualmente, moderna e soberba em sua organização política e social, faz com que seja reconhecida por suas ruas limpas, receptividade aos visitantes e por ter um dos melhores, se não o melhor atendimento médico-hospitalar do país. Tudo isso tem origem em seu passado, que teve dentro da perseverança de seus Senhores, a diretriz de sua organização. Sua evolução tomou impulso a partir do início do século XIX com a indústria do café que tinha como principal produto até então o açúcar, proveniente da lavoura canavieira. Com a invasão de imigrantes europeus, alavancou-se assim a implantação das vias férreas, fazendo com que suas mais de 100 fazendas tivessem maiores divisas em sua comercialização cafeeira. Este fato foi de tal monta importante, que se fez necessária a consolidação do setor terciário visando a viabilização do comércio e das finanças. Surgiu então, já no final do século XIX, a infraestrutura necessária para o crescimento industrial de Campinas.

31 de jul de 2012

Bairro da Lapa - Rio de Janeiro - Brasil - 118.990


Charmoso reduto cultural carioca, este tradicional bairro localizado no Rio de Janeiro, no término da zona sul, exatamente no ponto em que a rua da Glória se transforma em rua da Lapa, é considerado o núcleo boêmio da cidade. Sua arquitetura, edificada em estilo romano na época do Brasil Colonial, também é significativo ponto de referência desta área.  É na Lapa que se testemunha as mais diversas expressões musicais, do samba às canções nordestinas; da música eletrônica às demais tribos; todos os gêneros coexistem em paz nesta região. Aí são compostos os mais belos  sambas, e as pessoas se reúnem para ouvi-los em bares disseminados pelas ruas Mem de Sá, Riachuelo e Lavradio.   Já nos anos 50 o bairro era famoso por sua vida cultural noturna, com célebres cabarés e restaurantes aqui e ali. Desfilavam por eles os melhores artistas, intelectuais, políticos e representantes diplomáticos. Ainda hoje é possível ver, lado a lado, estabelecimentos voltados para a exibição de música de câmera, como a Sala Cecília Meirelles; e bares como o Asa Branca, frequentado por seres brejeiros, à procura de um bom forró ou da boa música popular.
A Lapa ainda oferece uma rica variedade gastronômica, com amplas opções de restaurantes, entre eles Nova Capela, Manoel e Joaquim e Bar Brasil. Enfim, neste bairro o carioca encontra sua real identidade e os visitantes podem realizar um mergulho cultural e uma viagem no tempo.

24 de jul de 2012

Avenida Atlântica - Copacabana - Rio de Janeiro - 117.660

Copacabana é o "point" dos principais eventos da cidade, com exceção do carnaval. Ali são montadas arquibancadas e palcos para megashows e campeonatos de vôlei e futebol de praia. No réveillon, quase dois milhões de pessoas lotam as areias para acompanhar a queima de fogos. É também o local mais visitado pelos turistas estrangeiros. Cerca de 70% dos visitantes internacionais fazem questão de hospedar-se nos hotéis da Avenida Atlântica. Fazendo parte do belo cenário carioca alí está o tradicional prédio do Hotel Copacabana Palace, construído em 1923, em estilo Luís XV. O hotel foi um marco na ocupação do bairro e estimulou a construção de muitos outros edifícios modernos numa área que antes era apenas um balneário. Caminhando em direção ao lado esquerdo da praia, se encontra muitos quiosques que foram restaurados e reestruturados. Ganharam portas em blindex, ar-condicionado, banheiros subterrâneos e mesas e cadeiras tradicionais de plástico foram substituidas por mais modernas e confortáveis. Bons hotéis estão localizados nesta avenida.

16 de jul de 2012

Monte Verde - MG - Haras - 116.212

Situada a 170Km. de São Paulo com acesso pela Rod. Fernão Dias. E agora o acesso ficou mais fácil pois a estrada de acesso a Monte Verde está 100% asfaltada. A vila tem 1.540 metros de altitude. Em alguns locais a altitude ultrapassa os 2.000 metros.No inverno, os termômetros registram, frequentemente, temperaturas negativas. Uma ótima oportunidade para os casais se aconchegarem em frente a  lareira.  Monte Verde possui um ar europeu que se mistura à hospitalidade típica do povo mineiro.  A vila mantém costumes trazidos pelos primeiros moradores e possui influência alemã, suíça e italiana.  Conhecida pelo frio Monte Verde tem sua alta temporada no inverno.  Porém nas demais estações Monte Verde também tem muito a oferecer.  Na primavera o clima se torna mais ameno,  raramente chove, as árvores que hibernavam "acordam" e se enchem de flores deixando a paisagem linda.  No verão os dias são quentes mas as noite faz um friozinho gostoso.  No outono ameixeiras, platanos, pereiras,  ficam com as folhas avermelhadas antes de cairem lembrando muito a paisagem do outono europeu.

2 de jul de 2012

Floripa - Jurerê Internacional - 113.853

Os mais belos e caros imóveis do Sul do Brasil estão localizados em Jurerê Internacional. O local agrega um valor econômico altíssimo e atrai investidores de várias partes do mundo. Os empreendimentos são de primeiro mundo, cada mansão do bairro é projetada em um ecossistema espetacular. As imobiliárias de Jurerê internacional nem precisam fazer esforço nas transações. Geralmente quem procura algum investimento na área já sabe bem o que quer e chega decidido, tem bom gosto. Seja lá qual for sua escolha seja bem vindo a Jurerê International.

20 de jun de 2012

Grill nas estradas européias - 111.767



Um dos maiores prazeres de passeios pelas estradas européias são os "GRILL" onde se para para um descanso, almoço, lazer ou simplesmente um cafézinho. Impossível sair insatisfeito com a oferta de produtos, beleza e limpeza. Este, da foto, fica na região de Monte Castelo, na Itália, onde acabei comprando dois belos litros de "limoncello". Limoncello é um licor de limão produzido originalmente no sul da Itália,  especialmente na região do golfo de Nápoles, na costa Amalfitana e nas ilhas de Ischia e Capri, havendo também produção na Sicilia e na Sardenha. É feito à base de limão, álcool, água e açucar. Deve ser mantido no congelador para ser bebido bem gelado.

12 de jun de 2012

Cidade de Como - Itália - 110.400



A cidade de Como, a primeira e principal banhada pelo belo lago, está a apenas 50 quilômetros de distância da cidade de Milão, e por uma ótima estrada, a A-9.  O visual é de encher os olhos: todo o lago é cercado de cidadezinhas de fachadas em tons pastéis debruçadas sobre suas águas. Quase não se percebe quando acaba uma e começa outra.  A estradinha que margeia o lago é muito estreita e propicia belas panorâmicas do alto. Facilita muito a existência de estacionamentos estratégicos nos mirantes mais bonitos.   O centrinho histórico de Como é lindo, e as ruelas ao redor do imponente Duomo são super elegantes: cenários de mulheres chiquérrimas de salto alto andando de bicicleta vintage.!    Bellagio, a menos de 30 quilômetros de Como, localizada no ponto exato em que o lago se abre em dois braços, é linda e compacta. Perfeita para ser percorrida inteirinha a pé ao contrário da cidade de Como que é muito maior.  A concentração de gente bonita e chique pelas ruas em Bellagio é acima da média. Grandes personalidades da Itália se misturam aos passantes nas ruas e cafés.   Você vai se sentir praticamente dentro de uma locação de cinema: Doze Homens e Outro Segredo, de Steven Soderbergh e diversas sequências de 007 foram filmados na região.   Há barcos frequentes que ficam transitando de uma cidadezinha para outra. Mirar os cenários a partir da água é ainda mais especial.   Por todo canto há as deliciosas "delis italianas" vendendo vinhos, massas artesanais, azeites e trufas. Impossível os olhos não estimularem as mãos a tirar algum dinheiro dos bolsos ou da carteira.  Embora seja um destino super exclusivo, não é extorsivo. Come-se muito bem nos restaurantes expalhados pelas ruas ou sobre as águas.

6 de jun de 2012

Telhados de Salvador - BA -109.360


A Bahia é dona de um acervo histórico/cultural de tamanha beleza e importância que um dos seus principais sítios, o Pelourinho, em Salvador, recebeu da UNESCO o título de “patrimônio da humanidade”. Suas manifestações culturais, representadas pelo folclore, tradições, música, artesanato, culinária, sabores, festas populares, reforçam sua identidade cultural. O ambiente natural da Bahia é rico em beleza cênica por sua extraordinária biodiversidade. Cenários formados pelos casarios e praias calmas. Aqui, quem chega desfruta de uma alegria contagiante, hospitalidade, música, características do peculiar jeito de ser e de viver do povo dessa terra de todos os santos, ao qual se chama de "baianidade".

29 de mai de 2012

Orla em Valparaiso - Chile - 107.967



Apesar das águas geladas do Pacífico, o clima de balneário está presente na cidade durante todo o ano. A temperatura varia em média de 10ºC a 22ºC no verão, mas não será difícil encontrar dias ensolarados, com a temperatura chegando aos 30ºC. Nessa época, a cidade fica lotada de turistas, por isso é sempre bom fazer reservas antecipadas. No entanto, o inverno é bem rigoroso, com temperaturas que oscilam de 2º a 8ºC.   A praia mais conhecida da cidade é Reñaca. Sua principal característica são seus edifícios em forma de degrau, dando um charme exclusivo à sua orla. O local tem uma grande diversidade hoteleira (inclusive aluguel de apartamentos para temporadas) e gastronômica.   Há ainda as praias Salinas, Acapulco e Del Sol. Reserve alguns momentos para dar uma volta pela estruturada orla. Certamente o viajante vai encontrar surpresas, como o Muelle Vergara, antigo píer onde descarregavam mercadorias no passado, ou as feiras de artesanato. No entanto, as praias para veraneio não terminam com o fim do município. Todo o litoral norte de Viña possui cidades praieiras com infra-estrutura para turismo, cada uma com suas particularidades.   Viña foi fundada em 1878 pelo engenheiro e político José Francisco Vergara, proprietário das duas fazendas existentes ali e que fazem parte da história da cidade. A primeira delas, Viña del Mar, ficava ao norte do estuário que hoje divide o balneário: o Marga Marga. Ao sul do rio, localizava-se Las Siete Hermanas, que compreendia terras até o Cerro Barón, em Valparaíso. O terremoto de 1906 deixou a portuária Valparaíso no chão e, com isso, diversas famílias se mudaram para o balneário, distante apenas 9km.

23 de mai de 2012

Verona Arena - 106.853


Sobre a lenda de sua construção - "Durante o período Medieval, dizia-se que um homem veronês, acusado de um crime pelo qual foi condenado a morte, ao ter sua vida poupada prometeu aos chefes da cidade que construiria em uma noite apenas um edifício no qual poderiam fazer espetáculos: para cumprir a promessa, vendeu a alma ao diabo, que se empenhou em realizar o trabalho nas horas entre a Ave-Maria da noite e aquela da manhã. Durante a noite, todos os demônios do inferno se reuniram em Verona para fazer a grande obra, mas, de manhã, na primeira nota da Ave-Maria, voltaram todos para debaixo da terra, deixando a construção incompleta, apesar de quase pronta."

22 de mai de 2012

Catedral Metropolitana em Montevideo - Cidade Velha - 106.555



La Iglesia de la Inmaculada Concepción (Iglesia Matriz) fue uno de los mojones de la ciudad colonial. La obra, iniciada por el ingeniero militar portugués Custodio de Saá y Faría y continuada por el arquitecto Tomás Toribio, con sus construcciones de volumetría simple, expresadas con austeridad, es representativa del neoclasicismo español. El acceso se produce a través de un pórtico, para ingresar a un edificio de tipo basilical de tres naves y crucero, con cúpula apoyada sobre tambor cilíndrico.
Su construcción se concretó en varias etapas, partiendo de un proyecto original de 1790. La construcción demandó 14 años, aunque su fachada sufrió diversos cambios, el primero hacia 1860 y otro a mediados del siglo XX. En 1804, estando aún la fachada sin revocar, las torres sin terminar y con piso de tierra apisonada, los vecinos de San Felipe de Montevideo asistieron a la consagración de su Iglesia Matriz que, junto con el Cabildo, eran los elementos de referencia de la ciudad hispánica.


21 de mai de 2012

Tonalidades no Aconcágua - Chile - 106.351






O Cerro Aconcagua está localizado em território argentino, na província de Mendoza e departamento de Las Heras. Com altitude de 6.962 metros acima do nível do mar é a maior montanha das Américas e também de todo o hemisfério sul, sendo somente superado pelos gigantes do Himalaia na Ásia central.  Estes parâmetros o incluíram no circuito dos sete cumes, que consiste em escalar a montanha mais alta de cada continente.  A palavra aconcagua na língua quechua significa "A sentinela branca", em aymará pode ser traduzido por "A sentinela de pedra" e é uma montanha que oferece grande diversidade de rotas e desafios para qualquer montanhista.  A rota normal é fisicamente muito exigente e incorpora grande parte da logística de escalada aos cumes de grande altitude.  O Glaciar dos Polacos é realizado com dificuldades moderadas para a altitude e exige conhecimentos básicos de técnicas de escalada em gelo e neve. Ideal para quem se prepara para excursionar pelo Himalaia.   A parede sul tem rotas para os escaladores mais experientes com grau de dificuldade extrema em gelo, neve e rocha.   Mesmo sem considerar as dificuldades da via escolhida, as grandes altitudes, o clima extremado e as baixíssimas temperaturas já são desafios suficientes na dura jornada até o cume desta fascinante montanha andina.





23 de abr de 2012

Trem Turístico - Campinas/Jaguariuna SP



Um dos únicos trajetos com trens de passageiros, ainda existentes no Brasil, está de região de Campinas. Entre essa cidade e a vizinha Jaguariúna o turista/passageito terá o prazer de conhecer um pouco da história desse transporte e de suas máquinas, que na maioria foram fabricadas nos Estados Unidos e Inglaterra. O trajeto de Campinas a Jaguariúna, em São Paulo, é feito em um trem a vapor do século XIX. O passeio turístico de Maria-Fumaça percorre 24,5 km de extensão partindo da Estação Anhumas, em Campinas, onde existe também o "Museu Dinâmico Viação Férrea Campinas - Jaguariúna". Outra excelente opção de lazer cultural. O trem passa pelas estações de Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado, Carlos Gomes - todas construídas em meados de 1920 - até chegar em Jaguariúna. O viagem tem duração média de 3h30min, entre ida e volta, passando por cenários inesquecíveis para aqueles que apreciam a história e a natureza. Além da paisagem, os passageiros também poderão se deliciar com fatos pitorescos contados pelo guia turístico desta antiga ferrovia, por onde escoava a produção de café até o fim do século XIX e que foi restaurada recentemente.

http://www.mariafumacacampinas.com.br

20 de abr de 2012

Junta Departamental de Montevidéo - UY


A Junta Departamental de Montevidéo fica situada na interseção das ruas 25 de maio e Juan Carlos Gómez. Na infra-estrutura se salienta o edifício que funcionava como sede da Reunião Econômico-administrativa, conhecida como "Casa de Francisco Gómez." Francisco Antônio Gómez, igual ao pai dele, foi dedicado aos negócios e fez fortuna na atividade comercial e industrial. Em meados do século de XIX adquiriu a propriedade localizada na 25 de maio, atual Calle Juan Carlos Gomes. A atual construção foi recomendada ao adquirente e ficou a cargo do arquiteto Ignacio Pedralbes precursor do ecletismo no Uruguai). Os trabalhos foram desenvolvidos entre os anos 1871 e 1874. A casa de Alfredo Castellano Gómez constitui um exemplo típico do ecletismo que inspirou o montevideana de arquitetura antes dos últimos trinta anos do século de XX quando vários edifícios dos estilos mais variados foi construído.

15 de abr de 2012

Parque Nacional Vila Velha - Ponta Grossa - PR - Brasil



As formações areníticas do parque podem ser observadas a partir da estrada. Há dois passeios: pelos arenitos, rochas formadas ao longo de milhares de anos; e pela trilha que leva a três furnas, lagos de lençol freático similares a crateras inundadas. De dez em dez minutos, ônibus partem do receptivo e levam aos dois roteiros, com cerca de 1h30 cada.

12 de abr de 2012

Palácio Salvo - Montevideo - UY (100.000 visitas - 13.04.2012)



O palácio Salvo é um edifício desenhado pelo arquiteto italiano Mario Palanti, imigrante que vivia em Buenos Aires, e inaugurado no ano de 1925. Com os seus 95 metros e 27 pisos, foi a torre mais alta da América do Sul por largos anos. Está localizado na esquina da Avenida 18 de Julio com a Plaza Independência no centro de Montevideo. Eleva-se no mesmo lugar onde anteriormente se erguia a Confeitaria La Giralda, lugar onde Gerardo Matos Rodríguez apresentou o tango uruguaio mais famoso e difundido do mundo, La Cumparsita.

Parque RODÓ - Montevideo - UY





Nos 43 hectares do parque criado em 1896, o mais popular de Montevidéu, se desenrolam várias atividades: crianças rodopiam no antigo parque de diversões, casais que namoram sob a estátua de Confúcio observando o Rio da Prata, concursos de Carnaval realizados em fevereiro no Teatro de Verano até mostras vanguardistas no Museu Nacional de Artes Visuais. À beira de um lago artificial, o parque ainda abriga sua biblioteca infantil, hospedada em uma construção na forma de castelo. Parque Rodó - Rambla Presidente Wilson. O visitante ainda pode apreciar o monumento a José Enrique Rodó e a obra "Nuevos Rumbos", que são grandes exemplos do trabalho do mais famoso escultor uruguaio, José Belloni.



4 de abr de 2012

Costa Amalfitana - It


Num trecho de 60 km do litoral da Campânia, entre Sorrento e Salerno, servido de estrada costeira como uma passarela estreitíssima, esculpida em boa parte no precipício, fica a denominada Costa Amalfitana. Ao longo da estrada, entre uma vista vertiginosa e outra, encontram-se cidades históricas como Amalfi (à beira do mar Tirreno) e Ravello (no alto da montanha). Um belo vilarejo que escorrega pela encosta até a praia ali se localiza: Positano. Muitos preferem Ravello mas... Em Ravello a paisagem muda em minutos. Você sai da praia e vai para montanha. A paisagem da pequena viagem entre Amalfi e Ravello é indescritível, dessas de ficar com a boca aberta, considerada uma das mais bonitas da Costa Amalfitana.



1 de abr de 2012

Antiquários pelas ruas em Taormina -It



Encravada na encosta do Monte Tauro, a 200 metros do nível do mar, na província de Messina, Taormina mistura igrejinhas, casinhas coloridas e floridas, antiquários, butiques, lojas de arte, cafés, restaurantes charmosos, praias próximas e história. É più bella. Fundada em 358 a.C., foi colonizada por gregos, romanos, bizantinos e árabes. Dos primeiros, ela ostenta o Teatro Grego, do século 3 a.C., cartão-postal da cidade e usado até hoje para óperas e shows, com capacidade para 5 mil pessoas. O problema é que assistir a um espetáculo ali é lutar contra a tentação de ficar admirando só a paisagem. Taormina é simples e pode ser percorrida em um dia. Basta caminhar 20 minutos, em passos rápidos, pela Corso Humberto I, a via pulsante do centro antigo. Mas esqueça a pressa. Taormina é para ser sorvida em pequenas doses. Por isso, deixe-se envolver pelo clima que inspirou escritores e artistas como D.H. Lawrence, Goethe, Nietzsche, Oscar Wilde, Coppola, Fellini e Liz Taylor e embrenhe-se pelas escadinhas que saem da rua. Vai encontrar cantinas com música italiana ao vivo, lojinhas de arte e até o Parque Duca di Cesaro, na Villa Comunale, criado no fim do século 19 por lady Florence Trevelyn, uma observadora de pássaros. Pano de fundo para as melhores fotos em Taormina, o Etna está sempre no campo visual a 59 quilômetros, que é irresistível não dar um pulinho até o vulcão mais alto e mais ativo da Europa. São 45 minutos de carro. A sensação é de subir até ele e de ter feito uma viagem espacial: é como pisar na Lua. Nos locais de atividade mais recentes, não há nada a não ser massa negra, que se despedaça em pó fino à medida em que é pisada. O ponto mais alto do Etna tem 3.350 metros porisso sempre muito frio - no inverno é possível esquiar nessa área. A visita ao cume ativo é feita com guias de guias e autorização do Parque Nacional. O Étna tem cerca de 700 cones secundários. O ponto de partida fica a 1.900 metros, num complexo ao sul do Monte, onde está a Cratera Silvestri, inativa. Dali é possível avançar mais 600 metros sobre o vulcão de teleférico ou subir a pé num percurso de duas horas, enfrentando um vento fortíssimo. A 2.500 metros só há rocha e pó. Ônibus e jipes levam a 2.920 metros de onde se pode mirar a Torre do Filósofo. A esta altura somente o negro do magma e o branco das nuvens que se movimentam a grande velocidade. O cenario muda em segundos e leva a introspecção. Impossíivel não pensar na grandeza do universo e na pequenez do ser humano.

31 de mar de 2012

Grotte di Catullo - Sirmione - It



Na margem sul do Lago Garda, na extremidade da península de Sirmione, e em uma posição panorâmica estão os restos de uma vila romana conhecida como "Grotte di Catullo", o exemplo mais grandioso da construção privada de caráter nobre de todo o norte da Itália. As "cavernas" ou "caverna" foram utilizadas como estruturas internas. Desabaram e foram cobertas pela vegetação que penetrou nas covas naturais. A história da construção remonta o século XV e XVI, que identificou este complexo como a moradia da família de Catulo, poeta romano morreu em 54 aC. Segundo o testemunho dos versos de Catulo é certo que ele tinha uma residência em Sirmione, provavelmente nesta área. Sirmione era conhecida no mundo antigo por ter sido lugar importante de paragem ao longo da estrada que liga Brescia e Verona. A primeira descrição detalhada dos restos da moradia é do século XIX. A construção pode ser datada do período de Augusto (final do primeiro século aC inicial I dC). O colapso das estruturas e do abandono do edifício constam no século IV dC, período em que é atribuído aos túmulos localizadas em uma parte da casa destruída. Este sítio arqueológico é impressionante, além de ser a prova mais importante dos achados do período romano no território Sirmionese, é considerado o mais magnífico exemplo da "villa" romana descoberta no norte da Itália. Os primeiros estudos sobre os restos da casa de campo foram feitas em 1801 por um general de Napoleão. Em seguida, o Verones Girolamo Orti Manara começou as escavações, tornando a investigação mais aprofundada e cuidadosa. Novas escavações e restauto se deram entre 1939/1940, quando estudos e pesquisas forneceram informações valiosas sobre o plano e a cronologia das diversas fases de construção. O sítio arqueológico mostra uma área de 20.000 metros quadrados. Não se tem conhecimento do tempo exato e da razão para o declínio da vila. A descoberta de sepulturas que remontam à IV - Século V. D.C., dentro e fora do edifício, indicam que nesta época o espaço já tinha sido abandonado. A forma especial do solo rochosa possibilitou a construção de muitos edifícios, criando assim as salas de serviço da casa. O piso principal e os alojamentos são mais rusticos. A cosntrução foi desenvolvida em torno de um grande jardim, com áreas residenciais localizadas ao norte e ao sul. Os longos corredores nos terraços localizados a leste e oeste eram provavelmente usados como mirante. A entrada principal está localizada no lado sul e entre o 3 º nível. Duas entradas para o norte e oeste foram usados em primeiro e segundo nível. Antes de iniciar a visita ao sítio arqueológico aconselha-se visitar o antiquário. O Museu exibe, além do plano geral da vila, fotográfias das escavações e das obras de restauro, exposições dos pisos de mosaico, objetos de bronze e cerâmica, fragmentos de afrescos e estuques, uma escultura que representa a cabeça de um dos Sioscuri.





30 de mar de 2012

Sirmione. It



Sirmione pode ser definida como: Uma jóia pendurada no meio do lago de Garda Inferior. O centro histórico encontra-se no extremo norte da península. Longo e estreito também se configura como uma ilha por se ligar ao continente através de uma única ponte levadiça. O centro antigo da cidade ainda preserva o tom medieval, com ruas estreitas e irregulares. Desde os anos 70 trabalhos de restauros são efetuados nas fachadas dos prédios. O primeiro trabalho foi no hotel Grifo e depois no hotel Esperança, que tiveram recuperado seus aspectos originais. Sirmione é uma área com tráfego limitado. Pode se dizer que é um paraíso para pedestres. Andar de carro por lá só com autorização da comunidade e por tempo limitado.

29 de mar de 2012

Momento para enxergar imagens no coração



Janelas e lacunas


Não é um, são dias!
Todos neles faltam, momentos a completar
O dia, como uma película antiga
Implora a recuperação não mais possível pois,
Trechos do amar se perderam não só, nas manhãs
De domingo, a musíca da rua tocava mais calma.
O café sempre esperou com sapiência, como o vinho
A espreitar, o tempo.
A janela como tela de paisagem, cúmplice gravou
No seu íntimo cenas
Do amor de seios confessos, nas manhãs invadidas pela brisa
Noturna que se vai tardia.
Tocar não era mais que olhar teus olhos e esconder
Em minhas pupilas a imagem de sua boca
Trêmula, sem coragem
De pedir.
Mais.

Detalhe da Duomo di COMO.It


A catedral Duomo em COMO, na Itália, está situada na via principal da grande praça diante do lago e porisso facilima de se encontrar. É um dos principais pontos turísticos dessa cidade e tem arquitetura notável com bela fachada de pedra, decoração bonita e belas estátuas. O ponto negativo está apenas no tamanho reduzido da praça que não permite um ângulo que facilite o enquadramento total da fachada quando fotografada. O interior é sombrio mas vale o preço do ingresso para ver, especialmente, o altar central e sua estátuas. Ao contrário de muitos edifícios religiosos na Itália, não há muita beleza em seus vitrais. Outra boa atração em COMO é subir de funicular até o alto das montanhas. Esse passeio permite um belo panorama sobre o lago durante a subida e também das cúpulas verdes da catedral que contrastam com as cores das pedras de sua construção.

28 de mar de 2012

Bicicletas em Milão - It


O serviço de aluguel de bicicletas na cidade de Milão é fácil, prático e ecológico. Criado para favorecer a mobilidade dos cidadãos e tendo por objetivo promover a partilha de bicicletas e não sómente um serviço de aluguel mas sim um verdadeiro sistema de transporte público, junto aos tradicionais méios de transporte da ATM (empresa de transporte publico da cidade de Milão - www.atm-mi.it). O sistema de bicicletas é muito utilizado e o serviço tem custo médio de 30 euros por ano. A primeira meia hora é livre, o que em uma cidade européia significa atravessar a cidade de um lado a outro. Depois de 15 minutos da entrega pelo utilizador a "máquina" volta a ficar liberada para uns novos 30 minutos. Com este pacote básico e sabendo utilizar os serviços é possível nunca ter custos extras.
Estas estavam em frente ao Palácio Sforza mas a cidade tem muitos estacionamentos desse tipo dentro do seu complexo.

27 de mar de 2012

La carreta - Montevideo - UY

O monumento "La Carreta" de José Leoncio Belloni é um dos mais importantes símbolos da República Oriental do Uruguai. Em se tratando de atrações turísticas é um dos cartões postais da cidade, muito bonito e construído em 1934. Fica no Parque José Batllés y Ordones (perto do estádio Centenário), e homenageia esse antigo meio de transporte. O Uruguai é um país amistoso que recebe os turistas de braços abertos e faz com que as pessoas sintam-se em sua própria casa. Montevideo é sua capital, com aproximadamente um milhão e meio de habitantes, construída sobre a baía do Rio da Prata, conta um porto natural, muito bem localizado, limpo e organizado. Montevideo cresceu e se desenvolveu em torno do seu porto, com avenidas arborizadas, praças, parques e praias. A beleza do pôr-do-sol, em Montevideo, é algo indescritível, o sol, com seus muitos raios, refletem no mar e que verdadeiramente é, um Mar del Plata! Montevideo vive de frente ao mar...assim se define seus 22 km de " rambla".

21 de mar de 2012

A pobreza charmosa!


















Caminito - uma esquina qualquer do bairro La Boca, em Buenos Aires - Argentina.

20 de mar de 2012

Pluna - Escher








Um pouco de Escher nos padrões da PLUNA.
Uma das principais contribuições da obra deste artista está em sua capacidade de gerar imagens com efeitos de ilusões de óptica. Foi numa visita à Alhambra, na Espanha, que o artista conheceu e se encantou pelos mosaicos que havia em um palácio de construção árabe. Escher achou muito interessante as formas como cada figura se entrelaçava a outra e se repetia, formando belos padrões geométricos. Este foi o ponto de partida para os seus trabalhos mais famosos, que consistiam no preenchimento regular do plano, normalmente utilizando imagens geométricas e não figurativas, como os árabes faziam por causa da sua religião muçulmana, que proíbe tais representações. A partir de uma malha de polígonos, regulares ou não, Escher fazia mudanças, mas sem alterar a área do polígono original.

1 de mar de 2012

Parapente - Duna Por-do-sol - Jericoacoara - CE


Jeri era uma pequena aldeia de pescadores, sem qualquer contato com a civilização moderna. A energia elétrica chegou a vila em 1998, atualmente chuveiro elétrico e ar condicionado deixaram de ser luxo. Grande parte das casas da vila são de alvenaria, antigamente construídas de madeira, rodeado por flores e plantas tropicais. As ruas ainda são de areia e o clima mágico. Jericoacoara está localizada em uma APA - Área de Proteção Ambiental - desde 1984. Em 2002 o IBAMA transformou toda a região num Parque Nacional, trazendo muitas restrições para novas construções e maior controle em sua preservação. O Parque Nacional de Jericoacoara tem uma área 6.850 hectares, e se estende desde os municipios de Jijoca de Jericoacoara até Cruz, onde localiza-se a Praia do Preá.

23 de fev de 2012

Será que chove hoje em Campinas?




O povoamento teve início entre 1739 e 1744 com a vinda de Taubaté do Capitão Francisco Barreto Leme do Prado. Em 14 de julho de 1774, numa capela provisória, foi celebrada a primeira missa oficializando a fundação da Freguesia Nossa Senhora de Conceição de Campinas. Em 1797 é elevada à categoria de vila e altera o nome para Vila de São Carlos, e finalmente em 5 de fevereiro de 1842, já com 2.107 habitantes e cerca de quarenta casas, foi elevada à categoria de cidade com o nome de Campinas. Ficou conhecida como cidade-fênix, por seu renascimento após o surto de febre amarela que devastou mais de 30% da população no início do século XX.

18 de fev de 2012

Exposição fotográfica - Colégio Progresso - Campinas



" O COTIDIANO QUE NÃO SE VÊ "


Uma imagem só tem sentido pela sensação que causa. A sensação só tem sentido se faz refletir. A reflexão só faz sentido se provoca mudanças. A mudança só faz sentido se nos mostra o cotidiano por um outro prisma.


betho feliciano

Minhas preferências nos brancos























Os deliciosos e elegantes brancos de Amayna receberam novamente ótimas notas de Jancis Robinson, que os avaliou recentemente. O Amayna Sauvignon Blanc 2006 mereceu 17+ pontos da jornalista, para quem é "focado, mineral e cítrico, muito intenso, poderoso mas fresco". Sua versão fermentada em barricas, o Amayna Barrel Fermented Sauvignon Blanc 2005 recebeu excelentes 18 pontos, sendo "muito perfumado, defumado e complexo, cremoso e rico, muito bom". O Amayna Chardonnay 2004 também recebeu 17 pontos, sendo "rico e denso, cítrico, com um carvalho francês adoravelmente límpido mas não dominante. Concentrado e com boa mineralidade". A vinícola já foi chamada de "a mais excitante vinícola do Chile" pela Decanter e, segundo Parker, produz "inegavelmente os mais finos Sauvignon Blanc que já surgiram na América do Sul. Uma excitante descoberta no Chile que produz os que talvez sejam os melhores vinhos brancos chilenos que já provei". Os deliciosos e elegantes brancos de Amayna receberam novamente ótimas notas de Jancis Robinson, que os avaliou recentemente. O Amayna Sauvignon Blanc 2006 mereceu 17+ pontos da jornalista, para quem é "focado, mineral e cítrico, muito intenso, poderoso mas fresco". Sua versão fermentada em barricas, o Amayna Barrel Fermented Sauvignon Blanc 2005 recebeu excelentes 18 pontos, sendo "muito perfumado, defumado e complexo, cremoso e rico, muito bom". O Amayna Chardonnay 2004 também recebeu 17 pontos, sendo rico e denso, cítrico, com um carvalho francês adoravelmente límpido mas não dominante. Concentrado e com boa mineralidade". A vinícola já foi chamada de "a mais excitante vinícola do Chile" pela Decanter e, segundo Parker, produz "inegavelmente os mais finos Sauvignon Blanc que já surgiram na América do Sul. Uma excitante descoberta no Chile que produz os que talvez sejam os melhores vinhos brancos chilenos.

Prelúdio - para não me esquecer deste vinho.























Os vinhos de guarda Preludio compõe uma seleção especial de barricas. Na vinha, são poucos os cachos que se desenvolverão para este vinho. A colheita é manual, com rigorosa seleção grão por grão. Maceração por mais de 3 semanas, permitindo a concentração de aromas, sabores de fruta, especiarias e flores. Afinamento em barricas localizadas em caves subterrâneas, construídas de pedras em 1830, onde desenvolvem-se ótimas condições de temperatura e umidade. Garantia de uma perfeita evolução do vinho. A cada 6 meses selecionam-se as melhores barricas, capazes de continuar o processo de criaza cada vez mais exigente no vinho. Com este processo, partindo cada ano com 600 barricas, se conclui a crianza ao final de 24 a 30 meses com menos de 200 barricas. A seguir se segue a parte do Assemblage, onde se determinam as proporções finais sobre uma base de Tannat, uva predominante neste vinho. Tradicionalmente, o vinho Preludio é elaborado com 5 variedades. Para esta safra: 40% Tannat, 24% Cabernet Sauvignon, 20% Cabernet Franc, 12% Merlot, 2% Petit Verdot e 2% Marselan. Seguindo os métodos mais tradicionais, o Preludio é engarrafado sem filtragem, em garrafas escuras e com rolhas de cortiça especiais para a continuidade do processo de maturação nas caves subterrâneas, em estibas individuais. O resultado é um vinho que evolui muito bem durante 5 a 15 anos seguintes ao da colheita. Cor: Púrpura vicaz com tons violáceos, alta concentração que se manifesta pelas lágrimas elegantes e persistentes que se formam na borda da taça. Possui grande variedade de aromas complexos, com notas de figos secos, frutas vermelhas maduras e baunilha. Na boca possui acidez e taninos redondos, frutas silvestres maduras. Servir entre 18 – 20 º C. Recomenda-se decantar 30 minutos antes de servir.

15 de fev de 2012

Dunas da Joaquina - Floripa - SC



As dunas da Joaquina foram o berço do sandboard, conhecido como "surfe de areia". O local é até hoje palco de diversos campeonatos profissionais e o serviço de aluguel de pranchas dá aos amadores a oportunidade de sentir a emoção de descer os bancos de areia.

2 de fev de 2012

Mercado Mapocho - Valparaiso


Seja onde for, em qualquer parte do mundo, os mercados são sempre atrações interessantíssimas. A variedade e quantidade de cores atraem até os olhares menos atentos.

14 de jan de 2012

Museu do Trem - Mendoza - AR



Sugestão para quem vai de Santiago a Mendoza. Vá de bus com a Andesmar ou a CATA. Fui de CATA – é confiavél e mais barato que a Andesmar. Serviço de bordo mesmo nível. Procure sair de Santiago nos primeiros horários – 06 horas da manhã assim vai curtir muito mais a paisagem. Nos bancos da frente e ao lado do motorista terá uma visão geral mas através das janelas laterais se deslumbrará com as paisagens também. Chegará em Mendoza entre 15 e 16 horas, se não for no inverno, com tempo de ainda curtir muito a tarde e a noite se deliciando com Cabernets e Malbecs.

4 de jan de 2012

Talvez cheguem os amigos de GODOT!



Insólitos momentos de caminhada podem ser tão gratificantes que o tempo não é percebido - aliás, ele nem existe verdadeiramente - e o que temos nada mais é do que o EUCÊNTRICO. Nestes momentos é que buscamos um criador para amainar a nossa solidão neste universo desmedido.