22 de jul de 2011

Lago e vulcão Villarica - Pucón - Chile



NOTICIAS: 02/03/2012 - Atualizada às 11:30


O Villarica, no sul do Chile

O turista brasileiro Felipe Santos ainda está desaparecido na região do Vulcão Villarrica, no Chile, segundo informações do jornal chileno El Mercurio. Ele sumiu ontem (1), depois de um acidente que matou o mexicano Rodolfo Sarovich, de 21 anos. Segundo a notícia, os caminhantes estavam na montanha quando o tempo virou bruscamente, ocasionando uma série de acidentes. Um terceiro excursionista, o chileno Guillermo Elías, sofreu graves fraturas e já estaria em um hospital da região. E um suíço teve lesões leves na perna. O corpo do mexicano ainda permanecia na montanha na manha desta sexta-feira, segunda a nota.
A subida do Villarrica, de 2.843 metros de altitude, é considerada relativamente fácil, ideal para montanhistas iniciantes. O país exige guia especializado para acompanhar os turistas que desejam escalar a montanha, que se localiza no sul do Chile, dentro da área de um parque nacional.






Fazer a escalada do vulcão Villarrica, em Pucón, é um dos passeios imperdíveis da região sul chilena. A caminhada até topo é fácil pois o vulcão tem formato cônico com baixa inclinação raramente ultrapassando os 30 gráus de ângulação. Mesmo em época de inverno, quando a incidência de neve é alta, é possível fazer a escalada pois existe um controle das autoridades locais que administram essas operações liberando ou não as subidas dependendo das condições do clima. A atenção é sempre necessária seja em quais condições forem pois mesmo com guias experientes o terreno sempre será novidade para quem faz a escalada pela primeira vez. O tempo médio entre a escalada e a descida gira em torno de oito horas dependendo sempre das condições fisicas e climáticas. Chegar ao topo é sempre uma escolha do grupo mas nem sempre todos atingem esse objetivo. Vislumbrar o magma borbulhante após quatro ou cinco horas de caminhada é o prémio maior de quem consegue completar a tarefa. A fumarola expelida carrega consigo o cheiro de enxofre e pode comprometer a respiração dos desatentos. Em contrapartida o cenário que se mira é deslumbrante!