5 de dez de 2011

Cemitério em Montevideo - Uruguay



Ao cair da noite em Montevidéu (Uruguay), dezenas de rostos que não escondem a ansiedade se reúnem em frente à entrada do cemitério mais antigo da cidade, dispostos a penetrar na atmosfera da morte com um novo olhar: o do "necroturista". Curiosos de todos os perfis e idades decidiram apostar nesta iniciativa da Prefeitura de Montevidéu, que inaugurou na semana passada a primeira das visitas guiadas que percorrerão periodicamente o cemitério público mais antigo da capital uruguaia. Construído em 1835 e ampliado em 1860 e 1868, o Cemitério Central foi concebido como um jardim cercado por arvoredos e túmulos no qual "era normal ver pessoas caminhando", diz uma das pessoas que trabalham como guia deste peculiar itinerário, a professora de História da Arte Marta Sírtori.

A feira nos finais de semana em Valparaiso - Chile



Se você deseja conhecer de perto a idiossincrasia do povo chileno, não existe lugar melhor que os mercados e as férias livres. Nestes lugares, em meio dos cheiros, dos sabores típicos e do incessante grito dos vendedores, se pode adquirir frutas, hortaliças e todo tipo de produtos agrícolas, mariscos e peixes. Se você apura o ouvido notará, também, a musicalidade na forma de falar que aparece desenhando a particular vida dos chilenos.
Valparaíso tem uma feira livre que funciona as quartas feiras e sábados, na avenida Argentina. Dois mercados: O “Mercado Cardonal”, localizado no bairro “Almendral” e o ”Mercado Puerto”, localizado no bairro do mesmo nome. São edifícios muito antigos e no primeiro andar funciona pequenos restaurantes popularmente chamados de "Cocinerias” ou “Pensiones”, cuja especialidade são os mariscos, o feijão e as “cazuelas” (Caldo com batatas carne de boi, frango e vegetal). Todos os pratos tem preços muito convenientes.