19 de mar de 2009

Portofino

Deve haver algo de muito inspirador na Riviera Italiana. Monet dizia que era o sol. Para ele, o sol do Mediterrâneo deveria ser pintado com ouro e pedras preciosas. Tão logo você desembarque em algum dos vilarejos pesqueiros da costa da Ligúria vai perceber que o sol daqui tem mesmo vocação de pintor. Em cada parede das casinhas verticais dos moradores, a luz rebrilha num tom diferente entre o vermelho-sangue e o amarelo-palha. As aldeias da Ligúria são tão iluminadas que até o pior humor pode mudar de rumo diante delas. A bela enseada de Portofino desponta entre a vegetação mediterrânea. A pequena baía em forma de ferradura é uma das pérolas da costa mediterrânea.
A fama do lugar atravessa os séculos. No início era um ponto de observação dos antigos romanos, como indicam manuscritos e restos de fortificações. O velho burgo de pescadores é um dos locais mais sofisticados da riviera italiana e de toda a Europa. Ele cresceu muito pouco, continua com a sua forma de meia lua em torno da enseada, mas o prestígio ganhou o mundo. Portofino é um daqueles lugares que já dá saudades de ir embora, antes mesmo de chegar.

Nenhum comentário: